Quais são as doze portarias sobre apostas que o governo ainda deve editar?

Atualizado: 28 Mar 2024
heloisa vasconcelos.webp

Escrito por:

Heloísa Vasconcelos

Sobre o autor

Investigo dados e fatos sobre legislação e tendências para criar notícias exclusivas.Leia mais
Jornalista
foto do ministerio da fazenda

Apesar de a Lei nº 14.790 ter sido sancionada no final do ano passado, vários detalhes ainda precisam ser definidos sobre a regulamentação das apostas.

De acordo com o então assessor especial do Ministério da Fazenda, José Francisco Mansur, serão publicadas doze portarias relacionadas a apostas ainda no primeiro semestre deste ano. Mansur foi exonerado na última segunda-feira (19), o que pode prejudicar o calendário de publicação das portarias.

Os textos, que complementam a regulamentação, tratarão de temas como autorização, meios de pagamentos, jogo responsável e tributação, de acordo com nota enviada pelo Ministério da Fazenda ao Aposta Legal Brasil.

A pasta informou que a abertura do procedimento para autorização da exploração comercial de apostas de quota fixa no território nacional está prevista para ocorrer entre os meses de março e abril.

Além da publicação de novas portarias, também será editada a Portaria Normativa MF nº 1.330, de 2023, para adequação aos termos da Lei nº 14.790.

Por que faltam portarias?

O sócio do Ambiel Advogados e especialista em regulamentação de jogos e apostas, Tiago Gomes, explica que é normal que questões específicas sejam tratadas em portarias e não na lei no caso de regulamentações.

Isso porque o processo legislativo costuma ser lento, e algumas mudanças regulatórias precisam ser feitas de forma mais célere. Deixar especificações para serem tratadas em portarias é uma forma de tornar a lei mas flexível.

“Além disso, é de se supor que o regulador, porque é específico, tenha um conhecimento técnico mais adequado para tratar de questões microgerenciais”, acrescenta.

quoteIcon
Isso acontece em qualquer mercado regulado, se a gente for olhar para o setor elétrico, de telefonia, de saneamento, tudo é da mesma forma.
tiago gomes.jpeg

Tiago Gomes

Especialista em regulamentação de jogos e apostas

Segundo o advogado e vice-presidente da Comissão Especial de Direito dos Jogos Lotéricos, Esportivos e de Entretenimento da OAB Nacional, Milton Jordão, as portarias devem guiar o que foi estabelecido na lei.

“As portarias são um regulamento, para a gente ter uma coisa concreta. A lei vem mas quem vai dizer os passos mesmo é o regulamento ou a portaria”, diz.

Tema das portarias

De acordo com o Ministério da Fazenda, serão emitidas nos próximos seis meses doze portarias tratando sobre:

  1. Habilitação de Laboratórios para certificação de Sistemas de Apostas e jogos on-line

  2. Sistemas de Apostas

  3. Autorização

  4. Meios de Pagamento

  5. Jogo responsável

  6. Lavagem de Dinheiro e outros delitos

  7. Sanções

  8. Fiscalização

  9. Tributação (norma da Receita Federal/MF)

  10. Repasses

  11. Direitos e Obrigações de Apostadores e Operadores

  12. Manipulação de resultados (portaria conjunta com o Ministério do Esporte)

Para Tiago Gomes, não são esperadas muitas surpresas com relação ao que será tratado nas portarias. Ele considera que a portaria sobre autorização deve trazer requisitos que já estão na lei e na portaria publicada no ano passado.

“Eu acho que ela não deve fugir muito de dois marcos muito claros. Temos a portaria que saiu no ano passado, que já trata nos seus primeiros artigos de alguns critérios sobre isso. Imagino que o ministério deve seguir a mesma linha. Também deve seguir o que está no artigo 7º”, diz.

Um ponto que ainda causa dúvidas é em relação à permissão e regulamentação dos jogos online, como o Jogo do Tigrinho.

quoteIcon
Na aposta dos jogos online, quem vai saber a margem de resultado positivo para o jogador e não para o dono do jogo? Essas questões vão ser necessariamente levadas para uma definição mais específica.
milton-jordao.jpg

Milton Jordão

Advogado e vice-presidente da Comissão Especial de Direito dos Jogos Lotéricos, Esportivos e de Entretenimento da OAB Nacional

“Desde que seja possível prever a quota ou quotas que o apostador vai ganhar, isso pode ser autorizado. É uma questão de como trabalhar a redação desse jogo para que ele possa ser certificado”, acrescenta Tiago.

Expectativas

Os especialistas consideram que a primeira das doze portarias já deve ser publicada nas próximas semanas. Para Tiago Gomes, por mais que a demora cause ansiedade no mercado, o processo está sendo consideravelmente rápido.

“Devemos ter algumas portarias nos próximos dias, na próxima semana. Com isso devem ficar mais claras as competências dentro do ministério da fazenda para que eles possam expedir as portarias”, aponta.

Milton considera que o prazo pode se esticar um pouco mais, mas que o governo está apressando o processo por ser o maior interessado em explorar essa fonte de tributos.

“O maior interessado é o próprio estado. Mas tem que ter cautela para se fazer algo que você não erre. A secretaria foi criada esse ano e acredito que só vai ter uma definição disso quando tiver secretário nomeado e também os cargos nomeados. A partir daí você pode ter a execução”, ressalta.

Comentários

Deixe o seu comentário

Veja o que outros usuários dizem

Ainda sem comentários

Artigos relacionados

symbolLogoGreen
ministerio-da-fazenda-758x505-1 (1).jpg
Apr 10, 2024
Ministério da Fazenda define agenda regulatória para as apostas esportivas; confira datas

Portaria publicada nesta quarta-feira (10) define a política regulatória da Secretaria de Prêmios e Apostas e define prazos para a publicação das demais regras para o setor de apostas e jogos online.

Legislação
symbolLogoGreen
sites bet.jpg
Apr 04, 2024
Atenção!
Sites de apostas podem ter domínio .bet no Brasil; entenda

O domínio .bet aparecerá antes do .br nas URLs dos sites de apostas e será utilizado apenas pelas casas autorizadas pelo Ministério da Fazenda a atuar no Brasil.

Legislação
symbolLogoGreen
marco dos games aprovado
Mar 18, 2024
Marco legal dos games é aprovado; jogos Fantasy ficam de fora

O Senado aprovou o Marco Geral dos Games, projeto de lei que regulamenta a indústria de jogos eletrônicos no Brasil. Jogos de aposta, como Fantasy Games, não entraram no documento.

Legislação
symbolLogoGreen
entidades-certificadoras-apostas.jpg
Feb 29, 2024
Ministério da Fazenda publica portaria para entidades certificadoras de sistemas de apostas

O documento publicado por meio da Secretaria de Prêmios e Apostas traz regras e diretrizes para empresas que queiram se credenciar enquanto certificadoras de sistemas a serem utilizados pelos operadores de quota fixa no Brasil.

Legislação
symbolLogoGreen
pagamento online.jpg
Apr 04, 2024
Proibição de pagamento online para jogos ilícitos avança no Senado

Projeto de lei prevê que instituições financeiras devam ter políticas de monitoramento de transações para proibir pagamentos de jogos proibidos por lei, como é o caso do jogo do bicho.

Legislação
Imagem de dealers distribuindo cartas em um cassino
Feb 09, 2024
Legalização de cassinos físicos pode ser votada neste ano; entenda

Três projetos de lei que tratam de cassinos físicos no Brasil estão em tramitação e podem ter movimentações relevantes após a regulamentação das apostas.

Legislação