Atuação nacional e celeridade: casas de apostas explicam razões para buscar licenciamento regional

Atualizado: 8 Mai 2024
heloisa vasconcelos.webp

Escrito por:

Heloísa Vasconcelos

Sobre o autor

Investigo dados e fatos sobre legislação e tendências para criar notícias exclusivas.Leia mais
Jornalista
licenças estaduais.jpeg

Foto: Divulgação/ Loterj

A licença do governo federal para casas de apostas operarem no Brasil vai custar R$ 30 milhões e permitirá que as empresas atuem em todo o país. Entretanto, há quem esteja buscando o licenciamento regional, por meio das loterias estaduais. O valor mais baixo é um dos motivos para isso, mas não o único.

Em entrevista ao Aposta Legal Brasil, o CMO da Majorsports, Ueslei Estrela, indicou que o licenciamento feito pela casa de apostas brasileira na Loterj tem a intenção de cobrir todo o país.

"A Loterj está se tornando uma regulamentação nacional. Então, como a gente já está regulamentado, na teoria, vamos ser regulamentados ao nível nacional", afirmou.

Atualmente, há um embate entre a loteria estadual do Rio de Janeiro e o Ministério da Fazenda sobre os limites da concessão. A Loterj tem emitido licenças para casas de apostas sem impedimento que elas atuem em todo o país, o que gerou protestos da Fazenda.

Em março, o Ministério da Fazenda notificou a Loterj, com uma solicitação para que fosse alterado um trecho da legislação estadual a respeito da territorialidade da atuação das casas de apostas.

Porém, a loteria fluminense não acatou o pedido e argumentou que segue parâmetros de territorialidade flexível aplicados ao comércio eletrônico e a serviços virtuais.

Entenda a situação das loterias

Uma decisão do STF, de 2020, permitiu que as loterias estaduais operem apostas esportivas e qualquer modalidade lotérica, respeitando os limites territoriais.

Para as operadoras, o Rio de Janeiro se tornou uma opção mais célere para a atuação no mercado de apostas de quota fixa.

Segundo o Ministério da Fazenda, a expectativa era de que a portaria de autorização de empresas fosse publicada até o final de abril, dando início de forma mais efetiva ao processo regulatório. Até o momento, não houve a publicação.

Há uma grande distância entre os valores praticados pela Fazenda e pelas loterias estaduais.

Enquanto o governo federal irá conceder licenças para casas de apostas no valor de R$ 30 milhões, a Loterj credencia empresas do setor por R$ 5 milhões, além de cobrar impostos de 5% do lucro. Para a União, a taxação sobre o lucro é de 18%.

Quem também recorreu ao licenciamento no Rio de Janeiro foi a 1xBet, que tem sede no Chipre e atuação em mais de 60 países.

“A Loterj foi uma licença estadual que surgiu há uns meses, usando uma proposta jurídica muito interessante. Estamos pleiteando essa licença, porque nós trabalhamos da forma mais legal possível dentro de cada país onde estamos inseridos”, explicou. Eduardo Ferreira, gerente regional da casa de apostas.

Promessa de licenciamento nacional

Poder atuar em todo o país pagando valores menores e já ter a concessão em mãos são atrativos para o licenciamento na loteria fluminense. Ueslei Estrela, entretanto, assegurou que a Majorsports buscará uma concessão federal caso seja impedida de atuar em todo o país apenas com a autorização recebida pela Loterj.

No mercado, há uma expectativa de judicialização da disputa.

quoteIcon
O que for necessário para estar presente no Brasil todo de maneira regulamentada, a gente vai fazer. Então, se for necessário, se filiar à Loteria Federal, o que for, estaremos presentes para isso. A Ideia é ter a marca totalmente licenciada, totalmente regulamentada, perfeita para atuar no Brasil todo.
ueslei estrela.jpg

Ueslei Estrela

CMO da Majorsports

A 1xBet também manifestou a intenção de buscar licenciamento federal e de outros estados.

“Sempre observamos o compliance de qualquer ação nossa. Ter uma licença, não só lotérica, como qualquer licença que o Brasil ou que os estados possam vir a lançar, nos interessa”, disse o gerente regional.

Licenciamento em outro estados

Assim como a Majorsports e a 1xBet, a Apostou.com foi licenciada pela Loterj para atuação no mercado de apostas esportivas. Todavia, o CEO João Mota ressaltou que a empresa já manifestou ao Ministério da Fazenda a intenção de adquirir a concessão federal.

Dentro de sua estratégia de expansão, a Apostou.com já se licenciou também regionalmente no Paraná, a partir da decisão de atuar exclusivamente no mercado regulado.

“Começamos a fazer uma análise de como as loterias estavam se estruturando no Brasil e chegamos à conclusão que a Lottopar era uma das vanguardistas desse segmento, já com uma autarquia criada, com uma equipe muito bem formada e que, aparentemente, ia seguir num caminho um pouco mais célere do que outras loterias”, destacou Mota.

Além da Apostou.com, estão licenciadas no Paraná Nossabet, Pixbet, Bplay e Aposta.la. Já a Loterj autorizou a operação da Apostou.com, Majorsports, Pixbet e Bestbet.

Outros estados como Paraíba e Minas Gerais também estão em processo para emitir licenças.

Comentários

Deixe o seu comentário

Veja o que outros usuários dizem

Ainda sem comentários

Artigos relacionados

symbolLogoGreen
proibição criptomoedas.jpg
Casas de apostas que oferecem criptomoedas avaliam proibição do meio de pagamento

Mercado aguarda possível mudança na proibição após a regulamentação das criptomoedas no Brasil. Veja o que casas que oferecem o meio de pagamento dizem.

Especial
symbolLogoGreen
meios de pagamento.jpg
Meios de pagamento veem proibições da Fazenda como inibição para fraudes no mercado de apostas 

Para empresas do setor, as proibições de pagamento com crédito, boleto e criptomoedas são positivas por trazer mais segurança para o mercado.

Especial
symbolLogoGreen
bis sigma.jpeg
Apr 29, 2024
Casas de apostas se preparam para proibição de bônus e miram na retenção

A proibição de oferecimento de bônus de entrada por parte das casas de apostas foi estabelecida na lei que regulamenta o setor e reforçada na última portaria publicada pelo Ministério da Fazenda.

Especial
symbolLogoGreen
especialistas_discutem_jogo_responsavel.webp
May 09, 2024
O que é necessário para o jogo responsável?

Descubra como especialistas discutem medidas cruciais para promover o jogo responsável no crescente mercado de apostas no Brasil.

Especial
symbolLogoGreen
bilhete de loteria com caneta em cima
Apr 25, 2024
Loterias estaduais contestam Lei das Apostas

Loterias estaduais brasileiras contestam Lei das Apostas de Quota Fixa ao planejarem convênios para operar em diferentes estados. Saiba mais sobre as restrições da Lei das Apostas Esportivas, o otimismo das loterias em superar essas barreiras e o potencial impacto na arrecadação e investimentos sociais.

Especial
symbolLogoGreen
sigma_aposta_legal.webp
Apr 24, 2024
Loterias estaduais divergem sobre territorialidade e criticam Loterj em disputa com a Fazenda

Entenda o embate entre a Loterj e o Ministério da Fazenda e descubra as estratégias, oportunidades regionais e possíveis implicações constitucionais nesse embate.

Especial