Como deve ficar a publicidade com a regulamentação das apostas?

Atualizado: 26 Jan 2024
heloisa vasconcelos.webp

Escrito por:

Heloísa Vasconcelos

Sobre o autor

Investigo dados e fatos sobre legislação e tendências para criar notícias exclusivas.Leia mais
Jornalista
Imagem de um homem assistindo a televisão

Foto: Pixabay

Hoje sem regulamentação no Brasil, as casas de apostas estão em todos os lugares: na TV, no rádio, em anúncios nas redes sociais. Quem consome conteúdo esportivo com certeza já ouviu falar de alguma bet.

A publicidade desse mercado deve mudar com a regulamentação das apostas esportivas, prevista ainda para este ano. O projeto de lei 3.626/23 foi aprovado pela Câmara dos Deputados em setembro e traz algumas determinações para a publicidade das casas de apostas.

O texto, que ainda será votado pelo Senado, estabelece que apenas casas de apostas regulamentadas poderão veicular propaganda e que os agentes operadores deverão fazer ações de conscientização sobre os riscos do jogo.

As regras mais específicas serão estabelecidas pelo Conselho Nacional Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

O tema é polêmico e o texto do projeto de lei pode sofrer alterações quando passar pelo Senado. Entre as emendas propostas pelos senadores, há até a defesa de uma proibição completa da publicidade de casas de apostas.

Publicidade de apostas esportivas

O projeto de lei que trata da regulamentação das apostas de quota fixa estabelece algumas regras, como:

  • Restrição de horários, programas, canais e eventos para veiculação de publicidade e de propaganda das apostas, de modo a evitar que sejam divulgadas a menores de idade.
  • Proibição de propagandas que tragam afirmações infundadas sobre ganhos financeiros ou que coloquem as apostas como uma fonte de renda.
  • Proibição de publicidade com afirmações de personalidades conhecidas ou de celebridades que sugiram que o jogo contribui para o êxito pessoal ou social.

Para o professor do curso de publicidade e propaganda do Centro de Comunicação e Letras do Mackenzie, Júlio César Leandro, o texto aprovado pelos deputados traz pontos importantes para a veiculação de propagandas desse mercado.

Ele compara as regras aplicadas às que seguem a indústria de bebidas alcoólicas, por exemplo. Ele considera que a autorregulamentação feita pelo Conar deve seguir diretrizes parecidas.

O professor considera que o ideal para a regulação da publicidade de um mercado como esse é que as regras não sejam engessadas em lei, podendo se adaptar com o tempo.

quoteIcon
Eu sou por uma regulação que dê transparência, que possa ser acompanhado e possa ir melhorando ao longo do tempo de acordo com o que acontece - Julio César Leandro
Quote author

Grupo de trabalho do Conar

O Conar constituiu um grupo de trabalho para discutir a publicidade sobre as apostas esportivas no final de julho.

O grupo é formado por representantes das entidades fundadoras e cofundadora do Conar, do Instituto Brasileiro de Jogo Responsável (IBJR) e da Associação Nacional de Jogos e Loterias (ANJL).

“Os integrantes do Grupo de Trabalho discutirão o estabelecimento de regras de autorregulamentação, que deverão reforçar o cumprimento da regulamentação nacional em vigor, podendo estipular restrições adicionais, a partir do estudo do quadro regulatório internacional e dos cuidados para a proteção do consumidor e dos grupos vulneráveis, em particular de crianças e adolescentes”, informou o Conar.

quoteIcon
São medidas que basicamente criam uma dinâmica um pouco mais padronizada entre todos os participantes desse mercado - André Gelfi
Quote author

Integrante do grupo, o presidente do IBJR, André Gelfi, afirma que as reuniões estão sendo bastante fluidas e que as regras com relação à publicidade das apostas esportivas devem buscar o equilíbrio entre responsabilidade e viabilidade comercial.

Ele considera que, apesar da existência de senadores que querem a proibição da publicidade para o setor, o governo não deve tomar atitudes extremas.

“A orientação do governo não me pareceu de maneira alguma extremada, no sentido de proibir a publicidade. Eu vejo uma preocupação em deixar que o mercado se desenvolva, o que eu acho que é fundamental para impedir a informalidade”, diz.

Comentários

Deixe o seu comentário

Veja o que outros usuários dizem

Ainda sem comentários

Artigos relacionados

symbolLogoGreen
congresso (1).jpg
May 09, 2024
Atenção!
Congresso derruba vetos da lei das apostas esportivas

Com a rejeição do Congresso Nacional, a Lei nº 14.790 passa a considerar como prêmio líquido para efeito de tributação ao apostador o valor deduzido de perdas.

Legislação
symbolLogoGreen
isencao imposto apostas.jpg
May 07, 2024
Receita Federal estabelece isenção de imposto aos apostadores até R$ 2.259

Instrução normativa publicada nesta terça-feira altera a regra de cobrança de impostos sobre as loterias, permitindo isenção no caso de prêmios até a primeira faixa do imposto de renda.

Legislação
symbolLogoGreen
sistemas de apostas.jpg
May 06, 2024
Atenção!
Fazenda estabelece domínio bet.br e possibilita apostas físicas

Portaria publicada em edição especial do Diário Oficial da União da última sexta também permite apostas de quota fixa em modalidade física.

Legislação
symbolLogoGreen
proibição  bonus casa de apostas.jpg
Apr 23, 2024
Atenção!
Casas de apostas regulamentadas não poderão oferecer bônus de boas-vindas

A vedação ao cedimento de "qualquer forma de vantagem prévia" já era prevista pela Lei nº 14.790 e foi reforçada pela portaria publicada pela Secretaria de Prêmios e Apostas na última quinta-feira (19).

Legislação
symbolLogoGreen
apostas cartão de crédito.jpg
Apr 23, 2024
Atenção!
Apostas com cartão de crédito não serão permitidas; confira regras de pagamento

Portaria do Ministério da Fazenda traz regras gerais para as transações financeiras realizadas entre as casas de apostas e apostadores.

Legislação
symbolLogoGreen
licença federal estadual.jpg
Apr 16, 2024
Licença estadual ou federal? Entenda o embate entre as duas esferas na regulamentação das apostas

Enquanto a previsão do Ministério da Fazenda é oferecer autorização para casas de apostas até o final deste mês, alguns estados já possuem empresas licenciadas.

Legislação