Nove jogadores de futebol são punidos por manipulação de jogos

heloisa vasconcelos.webp

Autor:

Sobre o autor

Há 1 ano, acompanha de perto o mercado e as leis das apostas para você não perder nenhum lance.Leia mais
Jornalista
Atualizado: 24 Jan 2024
manipulação de resultados stjd

Foto: Divulgação/ COB Expo

Nove jogadores de futebol foram punidos com suspensão, eliminação e multa por estarem envolvidos em esquemas de manipulação de resultados de jogos.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) realizou o julgamento em sessão extraordinária na última quinta-feira (28), durante a COB EXPO, em São Paulo. Além dos nove atletas punidos, outros três foram absolvidos.

As punições incluíram multas de até R$ 100 mil, além de suspensões de 360 dias até 720 dias. 

O jogador Diego Porfírio, do Guarani, foi eliminado do futebol e não poderá mais jogar. Sidcley, Jesus e Pedrinho foram absolvidos.

As informações são da assessoria de imprensa da STJD.

Julgamento

As punições foram estabelecidas pela última instância do STJD com base em provas colhidas pelo Ministério Público de Goiás na Operação Penalidade Máxima.

A maior pena foi conferida a Diego Porfírio, que confessou ter recebido R$ 50 mil para receber cartão amarelo em uma partida e, segundo denúncia, teria atuado como intermediário e captador do atleta Alef Manga para o grupo de apostadores.

Diego-Porfirio.webp

Diego Porfírio foi banido do futebol (Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC)

Os auditores do STJD pediram à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a extensão internacional da decisão.

"Diante do atual cenário, a presente decisão deve abordar também a abrangência da punição desportiva aplicada aos denunciados. A despeito de estarmos diante de infrações disciplinares cometidas, processadas e julgadas em território nacional, a gravidade dos fatos narrados corroborou para a aplicação do Código Disciplinar da FIFA", justificou o auditor Paulo Feuz, relator do processo.

Atletas punidos

  • Nino Paraíba, atleta do Paysandu-PA; punido com 720 dias e R$ 100 mil de multa.
  • Bryan, atleta profissional que teve como último clube no Brasil o Athletico Paranaense-PR; 360 dias e R$ 50 mil de multa.
  • Diego Porfírio, atleta do Guarani, eliminação e R$ 60 mil de multa
  • Alef Manga, atleta do Coritiba-PR; 360 dias e R$ 50 mil de multa.
  • Vitor Mendes, atleta do Atlético Mineiro-MG; 720 dias e R$ 70 mil de multa.
  • Sávio Alves, atleta profissional que teve como último clube no Brasil o Goiás-GO; 360 dias e R$ 30 mil de multa.
  • Thonny Anderson, atleta do ABC-RN; multa de R$ 40 mil.
  • Dadá Belmonte, atleta do América-MG; 600 dias e R$ 70 mil de multa.
  • Igor Cárius, atleta do Sport-PE; R$ 360 dias e R$ 40 mil de multa.

Comentários

Deixe o seu comentário

Veja o que outros usuários dizem

Ainda sem comentários

Artigos relacionados

symbolLogoGreen
operação penalidade máxima.jpg
Mar 01, 2024
Como estão as investigações da Operação Penalidade Máxima?

Operação do Ministério Público de Goiás investiga casos de manipulação de resultados no futebol e teve nova fase deflagrada no fim do ano passado.

Mercado
symbolLogoGreen
loterias estaduais.jpg
Feb 29, 2024
Que estados possuem loterias estaduais com quota fixa? Confira mapa

Paraná e Rio de Janeiro já estão operando apostas de quota fixa, enquanto a maioria dos estados não possui loterias estaduais.

Mercado
symbolLogoGreen
apostas em esports.jpg
Feb 29, 2024
O que esperar do mercado de apostas em eSports no Brasil?

Ainda sem regulamentação, os esportes eletrônicos movimentam bilhões de dólares e têm o Brasil como um importante mercado consumidor.

Mercado
symbolLogoGreen
Imagem de um homem digitando em um computador
Feb 20, 2024
Novidade
Interesse por apostas cresceu 14 vezes nos últimos 10 anos; confira principais casas

De acordo com dados do Google Trends, o pico do interesse nos últimos dez anos foi em setembro do ano passado, com a regulamentação do mercado.

Mercado
symbolLogoGreen
jose-francisco-mansur.jpg
Feb 19, 2024
Responsável por apostas, assessor José Francisco Mansur deixa Governo Lula

De acordo com nota da Assessoria Especial de Comunicação do Ministério da Fazenda, José Mansur foi exonerado a pedido. Ele sofria pressões dentro do governo por parte de políticos do Centrão.

Mercado
symbolLogoGreen
Imagem do time de futebol Santos
Feb 16, 2024
Santos estuda rescindir contrato com a Blaze após proposta da Parimatch

A Parimatch ofereceu ao Santos R$ 135 milhões por três anos para ser patrocinadora master do time. Equipe terá de pagar multa recisória à Blaze caso aceite a proposta.

Mercado