Como as casas de apostas ganham dinheiro?

Imagem de Ana Julia Ramos

Escrito por:

Sobre o autor

Há 2 anos, escreve guias com dicas valiosas para você entrar em campo preparado.Leia mais
Redatora
larissa borges author

Revisado por:

Sobre o autor

Desde 2021, avalia a confiabilidade das apostas e estratégias para suas melhores jogadas.Leia mais
Editora
Atualizado: 6 Fev 2024
Imagem de um homem de roupa social branca. A foto faz um zoom nas suas mãos, que estão com um cartão de crédito enquanto ele digita no computador. Foto usada para ilustrar o artigo sobre como as casas de apostas ganham dinheiro

As casas de apostas conquistaram os brasileiros nos últimos anos, mas ainda existem dúvidas sobre o modo de funcionamento dessas empresas. Uma das principais, com certeza é: como essas marcas ganham dinheiro?

Vamos explorar essas questões neste guia, que aborda temas como:

  • Juice de apostas esportivas;
  • O lucro por trás do cash out;
  • Como uma má gestão de banca pode gerar ganhos consideráveis para as casas;
  • Importância de ler cautelosamente os termos e condições.

Como as casas de apostas lucram na prática?

A maneira mais famosa de uma casa de apostas ganhar dinheiro é com o juice. Mas o lucro também acontece por trás de vários outros recursos oferecidos ao apostador, como o Cash Out e os Bônus.

A seguir, você entenderá como cada processo acontece.

1. Juice

O juice é a margem financeira que as casas de apostas retiram das odds oferecidas aos jogadores.

Inicialmente, as marcas fazem um cálculo de probabilidade para cada resultado possível de um evento esportivo. No Futebol, seria algo como:

  • Chances de vitória;
  • Chances de empate;
  • Chance de derrota.

Essa análise leva em conta uma série de fatores, como o desempenho individual dos atletas, da equipe, histórico de confronto e lesões.

A partir daí, temos o valor das odds, que ainda serão ajustadas com uma margem reservada para as casas de apostas. Essa margem é o juice!

Por exemplo: uma equipe com 50% de chance de vencer uma partida tem odds de 2,00. Só que você não vai receber opções de aposta com esse valor “puro", o praticado seria algo entre 1,90 e 1,95.

callout

Dessa forma, as marcas garantem que sempre receberão uma porcentagem dos valores apostados, não importa qual resultado aconteça!

2. Cash out

O cash out pode ser solicitado em apostas ao vivo.

À medida que o evento avança, jogadores podem usar essa ferramenta para encerrar suas apostas por um valor calculado pela casa.

callout

Esse cálculo é feito com base nas probabilidades atuais do evento, que provavelmente mudaram desde o momento da realização da aposta.

Para garantir o lucro, as casas de apostas ajustam a oferta de cash out aplicando uma taxa ou margem ao valor que o apostador receberia se decidisse utilizar o recurso.

O apostador pode decidir aceitar ou recusar o cash out. Caso aceite, sempre receberá um valor menor do que o potencial da aposta caso a mesma tivesse sido mantida até o final do evento.

Mas esse recurso é válido, principalmente, para minimizar as perdas em casos de palpites que provavelmente serão perdedores.

3. Falta de gestão de banca do apostador

A falta de uma boa gestão de banca nas apostas pode gerar uma boa quantidade de lucro para as casas.

Quando um apostador não gerencia adequadamente seus recursos financeiros, pode fazer apostas impulsivas e excessivas, colocando mais dinheiro do que deveria.

Essa prática aumenta consideravelmente o risco de perdas. E nesses momentos, muitas pessoas acabam fazendo novas apostas para recuperar perdas — o que não recomendamos!

Infelizmente, esse tipo de aposta, baseada praticamente no emocional, geralmente leva a uma sequência ainda maior de prejuízo.

4. Termos e condições de bônus

Os bônus de boas-vindas são, com certeza, atrativos que levam uma grande quantidade de pessoas a depositar dinheiro em uma casa de apostas.

Muitas não lêem os termos e condições, que restringem a retirada dos valores ganhos, caso não sejam cumpridos requisitos como:

  • Odds mínimas: raramente eventos com odds baixas são contemplados nessas promoções, o que aumenta o lucro da casa;
  • Rollover: as casas estabelecem um número de vezes que o valor do Bônus deverá ser apostado, muitas pessoas não percebem isso e desistem de continuar apostando quando percebem que não conseguirão arcar com o depósito;
  • Prazo: o apostador que não cumprir os requisitos no prazo estipulado pela casa perdem o bônus. Isso faz com que a rotina de apostas tenha que ser mais intensa, algo que nem todo mundo consegue executar na prática.

O bom é que você consegue se antecipar sobre todos esses detalhes caso leia cautelosamente os termos e condições dos bônus.

Cadastre-se nessas promoções apenas se entender que você tem condições — financeiras e emocionais — para isto!

5. Equilibrando os mercados

As casas de apostas monitoram com cuidado os palpites feitos pela comunidade de jogadores.

Quando é percebida uma alta concentração de apostas em um único resultado, a casa pode ajustar as odds para desencorajar mais apostas nessa direção e, ao mesmo tempo, incentivar apostas no resultado oposto ou em outros mercados.

callout

Dessa forma, elas equilibram sua exposição e minimizam o risco de grandes perdas em caso de resultados previsíveis.

Uma forma de maximizar os seus ganhos antes desse equilíbrio acontecer é a partir da análise de odds em queda — ou breaking odds.

A comparação entre diferentes marcas também é importante, para que você entenda os valores praticados pelo mercado em geral e garanta a melhor cotação possível.

É verdade que as casas sempre ganham?

Sim. As casas de apostas reservam um valor em cada aposta oferecida nas plataformas. É o famoso juice, que mencionamos ao longo do conteúdo.

Isso significa que, no longo prazo, elas sempre terão lucro, já que toda operação rende dinheiro para as marcas.

Essa vantagem é essencial para que as empresas sigam operando — este é o modelo de negócio de casas de apostas. Os valores recebidos com os palpites são usados para gerar receita, cobrir custos operacionais e lucrarem, é claro.

callout

Mas o fato de uma casa de apostas sempre ganhar não significa que essas empresas não são confiáveis ou que o apostador sairá no prejuízo inevitavelmente.

Apostadores habilidosos, cautelosos e com experiência podem sim ter lucro consistente nas apostas, apesar de, no longo prazo, as casas terem vantagem na maioria dos casos.

Por isso reforçamos que as apostas esportivas não devem ser vistas como uma forma de renda recorrente ou forma de sustento garantido.

Veja a atividade como uma experiência lúdica, baseada em comportamentos saudáveis, leves e que não comprometam o seu orçamento financeiro.