O que é bad run nas apostas esportivas?

Imagem de Ana Julia Ramos

Escrito por:

Sobre o autor

Há 2 anos, escreve guias com dicas valiosas para você entrar em campo preparado.Leia mais
Redatora
larissa borges author

Revisado por:

Sobre o autor

Desde 2021, avalia a confiabilidade das apostas e estratégias para suas melhores jogadas.Leia mais
Editora
Atualizado: 6 Fev 2024
bad run nas apostas esportivas

O termo “bad run” vem do inglês e significa algo como “sequência ruim". São resultados negativos em apostas que acontecem um seguido do outro, gerando prejuízo financeiro.

Esse é um dos principais desafios na jornada do apostador. Afinal, alguém que sinta na pele uma quantidade significativa de perdas pode tentar aplicar estratégias ineficazes para recuperar os ganhos. O que não funciona!

Para não passar por este momento difícil com chances de torná-lo ainda pior, criamos um guia para explicar:

  • Por que o bad run acontece;
  • Suas consequências no dia a dia;
  • Como lidar com a situação.

Por que o bad run acontece?

Vários fatores podem estar relacionados com a sequência de perdas.

Sabemos que as apostas esportivas sempre terão influência do “fator imprevisível", então o que muita gente chama de má sorte pode acontecer em qualquer momento.

A seguir, listamos os principais motivos que ocasionam o bad run nas apostas esportivas.

1. Comportamento aleatório das apostas

Desde o clima até o “azar” da equipe ser colocada em uma partida com árbitros que tomem decisões duvidosas podem influenciar o resultado do evento.

Times e atletas podem atravessar períodos de forma inconsistente, afetando seus desempenhos em diferentes momentos da temporada.

Essas flutuações podem ser difíceis de prever e levar a resultados inesperados.

Você pode se preparar, estudar previamente e ter a confiança de que seu palpite é certeiro. E ainda assim ele pode não acontecer por uma sequência de vezes.

2. Emoção colocada na frente da estratégia

Perder uma aposta pode te fazer sentir frustração, ansiedade ou tensão. É importante saber identificá-los e entender como lidar com cada um deles de forma que novas apostas não sejam prejudicadas.

Quando esses sentimentos são colocados na frente da sua estratégia e você desconsidera que perdas fazem parte da rotina de apostas, pode tomar novas decisões sem embasamento, apenas pensando em compensar o prejuízo.

Essa atitude pode gerar o bad run, na medida que a interpretação de boas oportunidades fica falha.

3. Informação má interpretada ou errada

Mesmo com pesquisas detalhadas, é possível que um apostador não tenha acesso a todas as informações relevantes para tomar uma decisão.

Além disso, informações imprecisas ou falsas também podem levar a escolhas equivocadas.

4. Má sorte

Às vezes, os apostadores simplesmente enfrentam períodos em que a sorte não está do seu lado. Resultados improváveis podem ocorrer com mais frequência do que se é falado, levando a perdas consecutivas.

Por que você não deve perseguir derrotas?

Ao perceber um bad run, muitas pessoas preferem aumentar a intensidade das apostas.

Essa é uma prática perigosa e que pode gerar perdas ainda maiores!

Isso porque quando você persegue uma derrota, pode se sentir pressionado a fazer apostas mais arriscadas com a esperança de recuperar os valores perdidos mais rapidamente.

Essa impulsividade pode comprometer toda a sua banca. As boas práticas de apostas esportivas devem ser mantidas, independente de uma rotina de perdas ou de ganhos.

Ou seja, mantém-se aquela premissa de estudar cautelosamente os eventos, comparar odds de diferentes casas de apostas e não colocar dinheiro em eventos que você não se sente seguro.

Sabemos que a frustração em um cenário de perdas pode ser bem grande, tal como sentimentos de fracasso e tristeza.

Mas é importante que as emoções não tomem conta neste momento, gerando escolhas irracionais e sem o embasamento importante na hora de apostar.

O que fazer quando tudo parece dar errado?

Se você identificou uma possível sequência de perdas, recomendamos que dê uma pausa nas apostas até entender o quanto o bad run te afetou psicologicamente. Não volte a jogar até que lide com esses sentimentos.

A seguir, listamos três formas de passar por um período difícil.

1. Procure ajuda profissional

Procure ajuda profissional caso perceba que as perdas estão te trazendo constante sentimento de frustração ou ansiedade, por exemplo.

Se tiver uma rede de suporte em amigos ou família, se apoie nessas pessoas e foque em se recuperar mentalmente longe das apostas.

O impacto de ver uma quantia significativa de dinheiro embora rápido realmente pode mexer com a mente do ser humano.

Veja se a casa de apostas que tem cadastro oferece ferramentas de bloqueio temporário ou auto-exclusão. O período de tempo pode ser personalizado de acordo com as suas necessidades.

Volte a apostar apenas quando sentir que recuperou o controle e racionalidade.

2. Não tire dinheiro que já tem outro destino para apostar

Um pensamento que pode aparecer é o seguinte: perdi X reais, vou pegar “emprestado” outros X do que reservei para pagar o cartão de crédito, por exemplo. Assim que o dinheiro entrar, pago a fatura.

Essa confiança na verdade pode ser uma falsa esperança.

Afinal, não existem garantias nas apostas e você só deve apostar dinheiro que esteja sobrando.

É muito perigoso reorganizar as finanças em meio a um cenário de bad run. Já não é interessante fazer novas apostas, muito menos realizá-las com dinheiro que não está na sua banca!

3. Tente entender os motivos da sequência de perdas

Com a cabeça fria, analise a estratégia que foi usada nas suas últimas apostas.

Elas foram sólidas e faziam sentido? Se sim, o fator sorte realmente pode ter influenciado.

Mas é possível que você encontre pontos de melhoria para os próximos palpites. Vale observar, também, se você está fazendo uma boa gestão da banca.

Verifique se suas análises e pesquisas estão sólidas e baseadas em informações confiáveis. Talvez seja necessário ajustar sua abordagem de análise para identificar possíveis erros ou inconsistências.

Evite apostar grandes quantias em um único bilhete e defina limites de perda que estejam de acordo com a sua situação financeira.

É possível evitar o bad run?

Infelizmente, não conseguimos listar uma série de práticas que vão “barrar” as chances do bad run acontecer.

Como já mencionamos, ele pode estar relacionado com a imprevisibilidade das apostas esportivas.

Mas podemos dizer que pessoas que mantêm uma rotina saudável de apostas estarão melhor preparadas para passar pelo período com a serenidade e controle emocional necessários.

Para isso, comece estabelecendo um orçamento e não arrisque mais do que você pode se dar ao luxo de perder.

A gestão cuidadosa da banca é fundamental para garantir que você possa sobreviver a uma má sequência sem esgotar seus recursos.

Além disso, em vez de buscar constantemente apostas vencedoras, aprenda a identificar apostas de valor.

O valor é encontrado quando as probabilidades oferecidas são maiores do que a probabilidade real do evento ocorrer.

Além disso, evite concentrar todas as suas apostas em um único mercado ou esporte. A diversificação pode ajudar a mitigar o risco e aumentar suas chances de sucesso.

Por fim, faça uma pesquisa aprofundada sobre os eventos esportivos em que você deseja apostar.

Analise estatísticas, tendências, desempenho recente das equipes e jogadores, além de quaisquer outros fatores relevantes que possam influenciar o resultado.